• Estudo dos Selos e seus Elementos

                                      ESTUDO DO SELO E SEUS ELEMENTOS

     O DESENHO:  O primeiro e mais importante passo para a confecção de um selo é o desenho. Artistas plásticos e gráficos apresentam lay-out que, depois de aprovados pelo Correio, se transformará em selo. Em termos visuais, além de constituir uma bela peça, o selo deve exprimir com força e clareza o tema que representa. 
     A FILIGRANA: Marca d'agua do fabricante do papel para a maior segurança contra falsificadores. Para a verificação da Filigrana, utiliza-se um instrumento muito simples;
     O FILIGRANOSCÓPIO( Recipiente  liso de fundo preto ). Para se ver a Filigrana, basta colocar dentro do filigranoscópio o selo com o desenho virado para baixo e pingar algumas gotas de Benzina Retificada e a filigrana aparecerá com nitidez. Com a prática, adquire-se grande facilidade na identificação.
 Atualmente, os selos emitidos pelo Correio Brasileiro NÃO são Filigranados, porém, o seu estudo continua sendo importante, pois, muitos selos aparentemente iguais são impressos em papéis com Filigranas diferentes.
     A GOMA (cola do selo) :  È outro componente do selo.  Atualmente,  já se emprega a goma com sabores (framboesa, morango, anis ) etc.
     PROCESSO DE IMPRESSÃO :  Meio gráfico utilizado na impressão dos selos ( talho-doce, offset ) etc.
     PROVA DE COR :  É Realizada antes da impressão definitiva do selo, para testar e escolher as cores mais apropriadas.
     PROVA DE IMPRESSÃO EM COR PRETO  :  São as primeiras folhas impressas de um selo,  destinadas a ajustar a máquina e a perfeita distribuição de tinta.
     PROVA DE LUXO  : É o exemplar de selo, bloco ou folhinha, impresso em papel de melhor qualidade do que o utilizado para a impressão final.
     CARIMBO DE PRIMEIRO DIA :  É um carimbo obliterador, confeccionado exclusivamente para acompanhar e registrar o dia de lançamento de um selo. Por isso, só pode ser utilizado no dia da emissão e exclusivamente sobre o selo ao qual se refere.
      Para todo o selo emitido pelo correio brasileiro, também é confeccionado um Carimbo de Primeiro Dia, além do Edital no qual constam os detalhes técnicos da emissão, a imagem e um texto explicativo referente ao tema estampado no selo.
     QUADRA : É um conjunto de quatro selos iguais, ligados entre si, destacados de uma folha.
     SELO COMEMORATIVO :  Emissão temática que registra fatos, datas e eventos de destaque, em âmbito nacional e internacional.

     SELO  ORDINÁRIO, REGULAR OU COMUM : São selos de tiragem ILIMITADA que podem ser reimpressos quantas vezes se fizerem  necessários.
     SELO  SEM PICOTE :  Selo que por  algum motivo, não recebeu perfuração em seu processo de produção.
     SELO -SOBRE -SELO :  São selos que comemoram uma emissão anterior ou que reproduzem, no novo selo, a imagem de uma selo emitido no passado.
     SÉRIE : Conjunto de dois ou mais selos emitidos de uma só vez, ou em etapas sucessivas, com temas idênticos ou variados e com valores faciais diferentes.
     SE-TENANT : É um par de selos justapostos que compõe um desenho maior, usualmente sem margens brancas entre os selos.
     SELO NOVO :  É aquele que não foi utilizado para postagem , logo, não recebeu nenhum tipo de carimbo, tem sua goma intacta e que conserva todas as suas características originais.
     SELOS USADOS : São o selos que já cumpriram sua missão de porteamento, ou seja, que apresentam sinais de obliteração ( carimbos ).
     SELO LAVADO : Selo novo que foi lavado para a retirada da goma (ou ferrugem ) ou, no caso de selo usado em postagem para retirá-lo do envelope.
     SELOS RESTAURADOS: São os selos danificados que foram cuidadosamente recompostos e consertados em alguma de suas partes.  
     SELOS PIRATAS : São selos emitidos por organismos postais que Não são reconhecidos pela U.P.U. ou por países fantasmas.
     SOBRECARGA :  Texto ou palavra posteriormente aplicada sobre um selo, seja para assinalar um acontecimento ou mesmo para reabilitá-lo para uso.
     SOBRETAXA : Valor suplementar, impresso sobre o selo, que pode Ter sido aplicada para modificar o valor de um selo ou em forma de acréscimo com a finalidade beneficente.
     SOBRECARTA :  O mesmo que envelope.
     SUPORTE :  Nome dado ao cartão que serve de base na preparação do Máximo Postal.   
     TABS :  Pequenas etiquetas separadas ou não dos selos por picotes, destinadas a enfeitá-los, promovê-los ou mesmo propagar um produto.    
     TALCO :  Produto utilizado para proteger os selos contra a aderência devido à umidade na cola.
     TALHO-DOCE :  O mais nobre dos processos de impressão de selos. Ou seja, são os selos impressos em relevo.
     TAMBURI : Como foram chamadas as primeiras caixas de coleta de correspondências, instaladas em Florença, Itália, em 1529.
     TAXA DE GUERRA : Importância sobreposta sobre um selo, destinada a fazer face às despesas de guerra de um país. Sobrecarga aplicada sobre selo-fiscal português, usado na África Portuguesa.
     TAXA  PAN-AMERICANA :  Taxa idealizada para os selos que viessem a ter curso em todo o território americano, o que nunca chegou a ocorrer. O selo brasileiro Pan-americano, também conhecido como sete cabeças, foi criado por lei orçamentária de dezembro de 1908, com tal finalidade. Todavia terminou sendo usado sobretaxado.
     TE BETALEN PORT : Expressão contida nos selos-taxa das Índias Holandesas, Suriname e Curaçau.
     TELEGRAFIE :   Palavra existente em selo de telégrafo Suíça em emissões de 1868/81.

     TELEGRAFO : Palavra sem acompanhamento do nome do País, característica de grande parte dos selos de telégrafo da Espanha, do Peru e das Filipinas.
     TELÉGRAFO NACIONAL :  Expressão encontrada em selos para telégrafo da Argentina (1887), do Peru (1876) e do Uruguai (1927).
     TELEGRAFO TRASANDINO : Expressão encontrada em selos de emissão especial da Argentina (1887), destinados aos  serviços telegráficos das estradas de ferro.
     TELEGRAMA : Mensagem transmitida à distância, por meio de sinalização elétrica ou forma equivalente, convertida a seguir em linguagem escrita.
     TELEGRAPH :  Palavra existente em selos para telégrafo, emissões da Baviera de 1870/1876.
     TELEGRAPHE :  Palavra existente em selos para telégrafo, emissões suiças de 1868/1881. 
     TELEGRAPHO DO INTERIOR : Legenda encontrada em selo brasileiro para telégrafo, emissão de 1870.
     TELEGRAPHS :  Palavra encontrada em selos para telégrafo, com iniciais nos cantos inferiores, emitidos pela Grã-Bretanha entre 1870 e 1880.
     TELOMICOSE : Denominação dada às manchas comumente conhecidas como ferrugem ocasionalmente encontradas nos selos.
      T.E.O. : Sobrecarga sobre selos da França ( Territoires Ennemis Occupés ) para serem utilizados nos territórios inimigos ocupados.
     TERESIENSTADT : Franquia postal concedida por meio de um selo ou carimbo, para o transporte de correspondência destinada aos prisioneiros.  
     TERRA NOVA  : Ilha do Atlântico Norte situada a leste do Canadá. Até 1949 era colônia britânica, data em que passou a integrar a Confederação Canadense como a sua décima província.
     TERRAS AUSTRAIS  :  Território francês ultramarino, situado entre o paralelo 37 e o Polo Sul. Compreende o arquipélago da Ilhas Crozet, Kerguelen, Nova Amsterdã e S.Paulo, e a  Terra Adélia.  A partir de 1896 os selos franceses foram aí esporadicamente utilizados. Em 1924 o conjunto foi anexado a Madagascar.
     TETE : Colônia portuguesa situada no Alto Zambeze. Foi integrada a Moçambique em 1920, passando a  utilizar os selos da mesma província.
     TEXTO : Parte escrita, descritiva e obrigatória nas coleções temáticas capaz de por em relevo o material exposto e a pesquisa levada a efeito pelo colecionador.
     TETÊ-BÊCHE :  É um par de selos impressos de forma que um está INVERTIDO em relação ao outro, sendo ou não da mesma cor. Neste caso particular, é chamado pelos franceses  de tetê-bêche.
    TIPOGRAFADO : Selos impressos pelo processo tipográfico.
    TIRA :  Conjunto de três ou mais selos unidos que formam uma coluna vertical ou horizontal.
    TIRAGEM : 
Quantidade previamente estabelecida de selos que serão impressos  para serem postos em circulação. 
    TRANSORMA : Máquina utilizada na triagem mecânica de correspondência. No Brasil, as primeiras foram instaladas em meados de 1940, no Correio Geral do Rio de Janeiro.
    TRATADO DE BERNA : Realizado em 15 de setembro de 1874, em Berna, contou com a presença de 23 países e teve como principal resultado, a assinatura, em 1º de julho de 1875, o Tratado que criou a União Geral dos Correios, hoje União Postal Universal. 
    THALER : Antiga Moeda Etiópia, igual a 10 guerches.
    T.C.V. :  Iniciais aplicadas pelos remetentes de cartões postais sempre que o selo era aplicado sobre a estampa e não no local indicado. Significavam a expressão francesa "Timbre côte vue" e serviam como advertência para que os correios não dessem à correspondência o tratamento de "não porteada". Os T.C.Vs. são precursores dos Máximos Postais.                 

    THEMABELGA : Siga da primeira Exposição Internacional de Filatelia Temática realizada sob o patrocínio da FIP, em Bruxelas, em 1975.
    THURN UND TAXIS :  Região germânica onde a família Taxis se estabeleceu entre 1852 e 1867, operando um Serviço de Correio que utilizava, inclusive, selos especiais.
    THUT : Antigo Catálogo de Selos do Brasil, muito procurado pelos, especialmente pelo destaque que dava à Marcofilia.
    TIFFANY, JOH KERR :Considerado um dos pioneiros do colecionismo de selos postais e autor do Primeiro Manual sobre os selos dos Estados Unidos.
    TIMBROMANIA : Como era conhecido logo no início, o colecionismo de selos postais.
    TINTUREIRO : Selos emitidos pela Casa da Moeda do Brasil, em  01/05/1891.
    TREFFENBERG : Tenente do exército suíço, a quem alguns atribuem Ter sugerido, em 1823, o uso do Selo Postal Adesivo.
    TRILINGÜE : São os selos ou peças filatélicas impressos em três idiomas.
    TRIPLO : Considera-se um triplo, um Postal Máximo em que a concordância dos  três elementos que o constituem ( selo, postal e carimbo ) , apresentam o mesmo motivo.
    TRI  OU TETRASSECTADO : Selos que, por algum motivo, foram cortados em três ou quatro partes para que cada uma fosse usada no porteamento de objetos postais.
    UNICOR : Selo monocromático, ou seja, de uma única cor. 
    USADO :  Selo que já circulou e cumpriu o seu objetivo de portear uma correspondência.
    MANCOLISTA :  Lista  de selos que faltam numa coleção, elaborada pelo colecionador.
    UPAE - União Postal das Américas : A mais antiga das Uniões Postais Restritas, criada em 08 de fevereiro de 1911, durante o Primeiro Congresso em Montevidéu. É formada por vinte e dois países americanos e a Espanha.
    UPU - União Postal Universal :  Fundada em 1874, com sede em Berna, Suíça, durante o Segundo Congresso realizado em Paris. Substituiu a antiga União Geral dos Correios.














Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Estudo dos Selos e seus Elementos

  • Modelo: 05
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$0,00